Resenha de Tinta: O Martelo de Thor

O Ministério dos Blogueiros e o Mundo de Tinta advertem: Esta é a resenha do volume 2 de uma série. A sinopse deste livro conta quase-tudo sobre o 1º livro, na resenha não há nenhum outro spoiler além destes da sinopse. Se quiser manter as surpresas do livro anterior tome cuidado com dragões, dragrs e gigantes de gelo. Fora isso, leia sem moderação.

Série: Magnus Chase e os Deuses de Asgard #2
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Tradutor: Regiane Winarski
ISBN: 9788551000700
Páginas: 400
Ano: 2016
Nota: 5/5

 Sinopse: Em A Espada do Verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.
Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin — tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking.
Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano.
Como eu disse ali no início: a resenha tem uns spoilers do volume 1, mas só o fato do livro existir vocês já deveriam saber disso. Nada que não esteja na sinopse do A Espada do Verão será revelado aqui.

 Resenha:

Titio Rick arrasa cada vez mais. Eu mencionei na resenha anterior que essa série me faz  passar vergonha em público. Imaginem: eu lendo de noite na cama, com o namorado tentando dormir do lado eu me sacodia toda tentando sufocar as gargalhadas!

Como descobrimos no livro anterior, o Mjörnir sumiu. O que deixa Thor estressadíssimo, afinal, como assistir suas séries favoritas sem seu melhor aparelho? Quer dizer, como defender Midgard sem o martelo? Os gigantes vão acabar invadindo se descobrirem. Bem, isso deveria ser um problema de Thor, né? Só que os deuses são todos iguais, mudam de Panteão. Claro que vai sobrar para Magnus, Sam e seus amigos.

Acontece que Loki decidiu que Sam deve casar com um gigante do gelo (eca!) e que o presente de casamento que o gigante oferece é o martelo. Assim, Loki ajuda a impedir a invasão iminente de Midgard. (Ah tah, porque Loki é muito bonzinho né?). Para quem leu A Espada do Verão sabe que Sam não pode casar com o gigante. E agora?!

No meio disso aparece uma personagem nova: uma filha de Loki de gênero fluido que virou Einherjar. Já imaginam como ela deve ter sido bem recebida né? Mas as cenas protagonizadas por ela e Magnus são as melhores! Um quote sobre Alex para que vocês entendam porque eu estou usando pronomes femininos para me referir a ela:

Mallory cruzou os braços.
— Ele nem tem uma arma.
— Ela — corrigiu Alex.
— Como? — perguntou Mallory.
— Me chame de ela, a não ser que eu diga o contrário. [...]
— Olha, alguns preferem a neutralidade — disse Alex. — São pessoas não binárias ou de espectro neutro, sei lá. Se elas não querem identificação de gênero na fala, é isso o que você deve fazer. Mas, no meu caso, eu não quero usar os mesmos pronomes o tempo todo, porque eu não sou assim. Eu mudo muito. Essa é a questão. Quando sou ela, eu sou ela. Quando sou ele, eu sou ele. Não sou elx. Entendeu?

Bem, eu não vou estragar a história para ninguém. Digo apenas aos senhores que eu estou desesperada, não apenas pela continuação desta história, mas também pela história da outra série, aquela do Apolo. Mas não se preocupem, ninguém vai ficar roendo os dedos porque o livro tem final. O que não tem final ainda é a história toda. 


Curtiu a resenha? Clica aqui embaixo em uma das reações para que possamos saber :D

Um comentário

Agradecemos pelo comentário!