[Papo de Tinta] Livros e Séries Literárias Estendidas : Agradam ou Cansam?(Premiado)

A Coluna Papo de Tinta vai ao ar todo domingo sempre que der e vai falar de curiosidades do mundo literário. Sejam novidades, adaptações ou algo que tenha chamado a atenção no Mundinho literário, elas vão estar por aqui.
Pegue seu banquinho, aprochegue-se e venha papear com a gente.

Olá Pessoal,


O nosso papo de Tinta de hoje é sobre a nova "trend" do mercado literário. Livros e  séries literárias estendidas.
Eu já falei aqui no Mundo que a minha maior meta literária esse ano é fechar  se não todas, a maioria das minhas séries em aberto
Em uma contagem rápida, eu percebi que eu teria mais ou menos 70 séries para finalizar.  Para me ajudar no processo, eu montei uma TBR Jar só com elas, mas nesses quatro meses de leituras, as coisas tem ficado bem complicadas, porque a cada livro novo que leio, parece que dois ou três aparecem.
Semana passada eu publiquei lá na fã page do Mundo de Tinta, uma notícia um pouco "antiga" que diz que a Harper Lee, autora de O Sol é Para Todos resolveu depois de 50 anos, lançar uma continuação do livro. Se você não viu a matéria, clique aqui.
Ao que parece, ela já teria há muito escrito essa continuação, como na verdade, um livro único anterior até ao Sol é Para Todos e só agora seu editor resolveu publicá-la.
Eu como leitora, adorei a noticia, já que tudo o que eu queria era realmente saber se a protagonista, Scout, se tornaria uma "moça" de comportamento padrão como era esperado dela, ou se tornaria uma "moça" de comportamento revolucionário, como a história predizia.
Sabe-se que o Sol é Para Todos é o único livro escrito por essa brilhante autora e que ela viveu em quase total reclusão durante todo esse tempo. 
A mesma coisa, com menor intervalo, claro, acontecerá com a série Diários de uma Princesa e aconteceu com  Os Diários de Bridge Jones.
Daí essa semana, li um outro livro que não tinha nenhuma "pinta" de ter continuação e só nos créditos descobri que a autora tem planos de no futuro lançar um outro livro para reviver uma pequena parcela da estória  (que a meu ver não seria necessária.)
Isso sem contar os milhares de POVs, Spin off e Prequels que as séries e livros tem recebido e até livros adicionais como foi o caso da série Instrumentos Mortais e A Seleção. 
Daí eu fiquei me perguntando: Porque isso?
É claro que como leitora, eu adoro revisitar algumas tramas que tanto me agradaram e reviver alguns cenários, mas ao que me parece, ninguém mais escreve livro ou série única.
As estórias parecem ser aumentadas ao máximo para que durem três, quatro ou até mais livros, com visão de um protagonista, visão do outro, estória do amigo, do cachorro, do vizinho.
E isso, ás vezes, me cansa.
Cansa-me o autor que deixa um livro com um final aberto para dar continuação que poderia ser feita em mais um capítulo, gerar outro(s) livros com mais 200, 300 páginas.
Cansa-me aquele aquele autor que quer escrever sobre toda a gama de personagens que aparece no primeiro livro, fazendo com que ações do primeiro sejam dependentes dessa continuação
Cansa-me o autor que começa a desvirtuar da trama principal e começa a escrever suas continuações sem nenhuma relação com o ambiente anterior.
Cansa-me o autor que quer explicar as ações de um personagem principal em um outro livro que conta exatamente a história do primeiro.
Será que a produção editorial está seguindo aquele ditado de que "Em time que está ganhando não se mexe?"
Eu acho que é um pouco disso. Pega-se uma história de sucesso e vai ampliando-a até o máximo, porque se ela foi sucesso, os seguintes com certeza também serão.
Mas e o leitor, qual a culpa dele nisso tudo? 
É isso que ele quer?
Porque vejo alguns leitores que praticamente imploram uma continuação daquele universo, ao invés de se abrir para uma leitura nova.
Vejo àqueles que criticam determinado autor porque terminou o livro em um momento chave e não quer continuar aquela história. (tipo a Hazel com uma Aflição Imperial, em ACEDE).
Mas também vejo leitores que antes de saber sobre o que é o livro, percebe que é série  e diz: -Passo!
Esse texto não é uma crítica dos livros em série. Eu não tenho nada contra séries e até aguardo ansiosamente a continuação de algumas delas, pois existem realmente estórias que não caberiam em  um único volume e que necessitam de continuação seja para explorar mais o universo ou as atitudes de certos personagens, mas o que me chama atenção é a revisitação cada vez mais frequente desses ambientes, sempre com  um gancho com algo a dizer ou uma cena a mais a explicar.
Ao meu ver isso tem que ser bem dosado, para que não caia na chatice, na mesmice e que principalmente que não limite o exercício de criatividade de certos autores com novas estórias.
Afinal se os livros dão um novo brilho no nosso cotidiano, imagine o que é para o autor, ficar preso sempre no mesmo enredo?
Pensando nisso, o Papo de Tinta hoje quer saber:

E você leitor, o que acha da exploração de tramas já finalizadas? Te agrada saber mais ou cansa revisitar a mesma estória?

E como vocês já sabem o nosso Papo de Tinta é Premiado.
Semana passada não houve edição do Papo de Tinta pois eu tive uma emergência médica e infelizmente não pude redigi-lo. As inscrições ficaram valendo então para essa semana.
O ganhador da Semana Passada foi Marisa Langher que escolheu o livro Amante Liberto.


Parabéns, Marisa! Você tem até 03 dias para responder seu e-mail.Caso não responda, semana que vem será feito um novo sorteio! O livro será enviado em até 30 dias após a sua resposta.

Participe você também!
Inspirado no Psycho Sunday as Meninas de Tinta resolveram fazer uma faxina na estante e elegeram alguns livrinhos para doar.

O sorteio é de livros usados!
Todo Papo de Tinta daremos a listinha dos livros com a indicação do seu estado.
E sabe o que você tem que fazer para ganhar?
É só responder a pergunta do Papo de Tinta nos comentários do post e dizer que livro você quer ganhar!!!!!!( não esqueça de deixar seu e-mail)
O sorteio será feito pelo Sorteador e o seu número de inscrição é pela ordem das respostas do post.
Exemplo: O primeiro a responder é o número 1, o segundo, o número 2 e assim sucessivamente!
As inscrições vão até o sábado posterior e o resultado saí no próximo Papo de Tinta!
O sorteio é válido apenas no território nacional e o livro será enviado em até 30 dias após a divulgação!

Vamos a listinha de hoje:
Presságio: o Assassinato da Freira Nua, Leonardo Barros - Livro lido apenas 1 vez, como novo.
Só Tenho Olhos para Você, Sullivans #4, Bella André - Livro lido apenas 1 vez. Tem um pequeno corte na folha de rosto. Levemente amarelado.
A Colcha de Despedida, Susan Wiggs - Capa levemente amassada, formato bolso
Vanessa e Virginia , Susan Sellers- Lido apenas uma vez, leve amarelamento
O Circo do Dr Lao , Charles G Filley- Leve amassado nas pontas.Pontinhos amarelados pela ação do tempo.
Proibida, The Black Door, Velvet- Ponta da capa levemente amassada.
A Companhia Negra, Livro I Gleen Cook - Pontinhos amarelados pela função do tempo. Pontas levemente amassadas.
Grito de Guerra da Mãe Tigre, Amy Chua - Pontas Levemente Amassadas.


Esperamos suas respostas!!!!!!!

bjs,






13 comentários

  1. Eu recentemente tenho dado preferencia para livros únicos ou duologias.. não que eu não goste de séries, mas eu não gosto muito de esperar os lançamentos e também de certa forma meu bolso não aguenta..

    Tem séries na minha enorme lista de leitura, tem sim.. e eu ainda nem sei por onde começar..

    Mas eu fico chateada quando leio 3 livros e percebo que a autora poderia ter terminado em um com um número maior de páginas, ou então com no máximo dois livros.. um desses 3 geralmente acaba ficando sem sentido, com detalhes desnecessários...

    Agora se realmente o conteúdo é extenso sou a favor de ter continuação..
    para mim o que tem faltado é uma certa dose de bom senso em saber quando uma historia ainda pode seguir adiante e quando ela deveria ter acabado..

    Vendo isso agora percebo que o mesmo tem acontecido com as séries de TV que começam super bem.. e demoram tanto para acabar que muitas vezes fica com um final horrível..

    caso seja a sorteada quero ganhar:
    Presságio: o Assassinato da Freira Nua

    amanda-naira@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda.
      Eu também estou tentando preferir livros únicos o ruim é quando eu termino o livro e percebo que ele continua.
      Mas a minha "bronca" mesmo é quando um livro ou série termina. E meses ou anos depois é lançando uma continuação, ou daqueles que ficam lançando pedacinhos e pedacinhos...
      Pois é eu acho que há uma certa preguiça de criatividade. Deu certo então porque não continuar?
      Mas sempre tem quem queira esse tipo de coisa, é complicado.
      Obrigada pelo comentário.
      bjs

      Excluir
  2. Realmente,ultimamente também estou achando muito apelativos tantos livros virarem série. Tem uns que até dão sorte de serem bons e continuarem a ser assim no decorrer dos outros livros. Como Belo Desastre. Amei os livros da série. Mas outros em sua maioria são um desastre só. Por este motivo tenho evitado ler algo que sega em séries longas. Preferindo algo menos cansativo que séries.
    Livro escolhido: Proibida, The Black Door
    elizabethmsalles@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth.
      Sinceramente nas minhas últimas leituras, eu tenho pego pouquissímos livros sem continuação.
      Belo Desastre é um bom exemplo. Tem o livro, tem o POV, tem um ou dois spin offs ( o do Belo Casamento caberia tranquilamente em um dos livros) e tem agora a série dos irmãos. Li todos, eu também gosto da série, porém eu acho um pouco exploração demais do mesmo universo. Não é o caso da Jamie, mas tem autor que fica nessas obras para sempre, nada de diversificar. Cansa,rs.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjs,

      Excluir
  3. Adoro livros,não importa se é trilogia,se é uma serie de cinco quatro.mas a verdade que amo ler.Só não curto muito erotismo,mas ficção,ação,policiais gosto muito.suspense então amo...
    LIVRO ESCOLHIDO:Presságio: o Assassinato da Freira Nua, Leonardo Barros
    marizanunessb@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marisa.
      Todos amamos livros ;).
      Se o universo do livro é amplo como normalmente acontece em fantasia, eu acho legal uma série mas a exploração proposital da trama não. Tem livro que finalizou, acabou. Ai o autor ficar criando spin offs e prequels a torto e a direito para nada. Ou melhor , a impressão é que é só para vender.
      Um exemplo é aquela série os Legados de Lorien (eu sou o número 4). A cada livro que sai e se eu não me enganou já são 5 ( ou seis) tem uns dois spin off para cada. Coisas que caberiam nesses 5 (ou seis) livros. São 40, 70, 100 páginas a mais.
      Essa exploração da trama (e do bolso) é que me cansa.
      Mas como você muitos leitores amam, que bom!
      Obrigada pelo comentário.
      bjs

      Excluir
  4. Não costumo ler feeds e dificilmente tenho tempo para blogs, mas ler a coluna do papo de tinta que acontece "todo domingo ou sempre que dá", por email, tem me dado um novo alento às leituras do meio literário.
    Já tem algum tempo que está me incomodando esse negócio de todo livro se tornar uma trilogia ou sagas cada vez maiores. Isso mesmo. Pretendo finalizar todas as séries que comecei e não terminei, mas estou com birra disso. Tanto que tenho mesmo passado quando alguém fala de uma série nova. Estou dando preferência a livros únicos com começo, meio e fim no mesmo exemplar. Acaba se tornando cansativo e vira meio que um culto... Uma seita de fãs que só sabem falar sobre aquela série.
    Quero ser uma leitora mais eclética, não me prendo a gêneros específicos e acima de tudo quero muito mais do que ser muito mais do que leitora de uma saga só.

    LIVRO ESCOLHIDO: A Companhia Negra
    sammyfreitas@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sammy,
      Vindo de você eu me sinto super lisonjeada. rs ( vou ficar com meu ego inflado como um balão a semana toda, rs).
      O papo de tinta surgiu exatamente da minha necessidade de falar sobre certos assuntos que embora eu tenha "n" amigos no "mundo literário" eu não tenho com quem falar.
      Sobre sagas eu concordo com você, o número de livros com continuação ou que se transformam em sagas é gritante e está me cansando também. Mas o pior para mim ainda são aqueles que terminam e depois surgem outros livros derivados. Cheios de prequels e spin off.
      Eu também quero terminar as minhas, mas a cada livro que leio mais da metade só no final descubro que é série. Fora os que eu julguei terminados e que aparecem novos livros.
      Eu também quero ser uma leitora eclética, seja no gênero ou nas tramas. Claro que temos sempre um gênero preferido, mas eu quero também ser mais do que leitora de uma saga só.
      Obrigada pelo comentário.
      bjs,

      Excluir
  5. eeeee ganhei :D
    Luana, só não recebi ainda seu e-mail.... como faço???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marisa,
      Por problemas técnicos (falta de internet!!! ela me ama!#sqn) atrasou um pouquinho, mas o e-mail já está na sua caixa de entrada.
      Bjs e Parabéns.

      Excluir
  6. Lu, assim como alguns que comentaram, também gosto de trilogias ou independendo da quantidade. Acho que acaba dando mais emoção e curiosidade, o problema é quando demora muito para sair o próximo. Nesse caso, normalmente leio todos os livros novamente.
    Livro escolhido: Proibida, The Black Door
    marisalangher@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Marisa,
    Eu gosto de séries também, mas como eu disse ás vezes, eu tenho preguiça delas, principalmente quando demoram a sair.
    Mas para isso, eu já criei uma tática. Só leio séries completas. Isso funcionava até que elas começaram a ser estendidas,rs. Ai eu penso continuo ler ou nem?
    Enfim, fico feliz por ter leitores que gostam delas,afinal elas tem dominado o mercado literário.
    Obrigada pela participação.
    bjs,

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo comentário!