[Resenha de Tinta] Cidade de Vidro

 O Ministério dos Blogueiros e o Mundo de Tinta advertem: Essa resenha é sobre uma continuação de série, portanto ela CONTÉM SPOILERS dos volumes anteriores. 
Série: Os instrumentos mortais - volume 3
Título Original:
City of Glass – The mortal Instruments
Autor: Cassandra Clare
Tradução:
Rita Sussekind 
Número de Páginas:
462
Editora:
Galera Record
ISBN:
9789896570903
Ano:
2011
Nota:
8/10

Sinopse:  Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

Resenha:
Em Cidade de Vidro nossa protagonista Clare já sabe o que precisa fazer para finalmente salvar sua mãe, e isso significa ir até Idris.  Enquanto isso a Clave está reunindo em Alicante todos os Nephilim disponíveis para bolar estratégias para deter Valentim.
Problemas: Jace não quer deixar Clare ir a Alicante; Mas Simon acaba indo parar lá, só que os membros do Submundo não são muito bem vindos na Cidade de Vidro (a não ser que estejam com todos os documentos em dia, tipo o Green Card americano sabe?); E é óbvio que Valentim está atrás do Vidro Mortal, tudo que se sabe sobre esse instrumento é que está perdido em Alicante há muito, muito tempo.
Já deu para perceber que esse livro tem tudo para pegar fogo não é?! Não vou mencionar novos personagens nem nada mais da história sobre risco de soltar muitos spoilers rsrs, mas recomendo o livro.
Sobre a edição: Se você acha que já viu um livro que brilha saiba que se você não pôs as mãos em Cidade de Vidro então você nunca viu um livro brilhar de verdade!!! Sabe aqueles globos de discoteca?! Eles perdem para esse livro, sério. Talvez a editora estivesse tentando reproduzir o brilho de Idris #piadinha.
Comentário final: A história fecha bem redondinha neste 3° volume, o que me fez pensar: será que os próximos serão tão bons? Rezo que sim. Claro que a autora deixou certas coisas no ar para garantir a continuidade da obra, mas espero que ela não se enrole com isso. Bem, vamos esperar por Cidade dos Anjos Caídos (tradução livre). 

2 comentários

  1. Fica melhor!Sério!! (isso me lembra de adicionar no skoob as leituras)Acabei City of Lost Souls e é awesome!! Não vejo a hora de comprar tudo em português (você sabe aquelas minhas neuras de ter coleções não misturadas) Quero que você leia logo Anjo Mecânico pra dizer o que achou!!! E A Maldição do Tigre, você PRECISA ler a Maldição do Tigre pra poder ler logo o O Resgate do Tigre, não consigo frizar isso o suficiente, preciso que vc leia essa série!!

    Juro que parei com o ataque, sério.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Estou doidapra ler este livro. Dizem que é muito bom! A Capa é muito linda, também =)

    Amei muito o seu blog e seu layout é muito fofo, flor. Já estou seguindo o blog =)

    Ahh, tem sorteio lá no blog de 1 Kit de ESMALTES+MAKES! =)

    Um beijo, Luuh C.

    luuhkawaii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo comentário!